Notícias

Mês de conscientização na Fundação Lucas Araújo

 

 

     A preocupação com a saúde é um tema trabalhado diariamente na Fundação Beneficente Lucas Araújo. Seja para os funcionários, colaboradores ou para os atendidos, diversas ações são promovidas para levar informações e formação sobre cuidados, prevenção e atenção. Em outubro, como não poderia ser diferente, os olhares estão voltados para a conscientização sobre o câncer de mama. Neste sentido, as funcionárias da Entidade participaram de atividades especiais e compartilharam do tema do mês vestindo roupas da cor rosa.

     Segundo a coordenadora Geral da Fundação, Jurema Bruschi, a ideia foi oferecer momentos de formação e espaços para que as mulheres pudessem esclarecer dúvidas e refletir sobre a importância do assunto. “A Fundação tem buscado, ao longo dos anos, participar ativamente das campanhas que difundem o cuidado com a saúde física e mental. Somos uma Entidade em que a maioria dos funcionários é mulher e, por isso, realizar ações de conscientização é um dos passos fundamentais para que elas também tenham qualidade de vida”, disse.

Números alarmantes, cuidado urgente

     Dados apresentados pela Organização Mundial de Saúde destacam que o câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres e também o mais letal, considerado a segunda principal causa de morte na América Latina. Quando se fala em números mundiais, entre todos os tipos de câncer, o de mama é o que mais mata mulheres na faixa dos 20 aos 59 anos.

     Em 2017 o Instituto Nacional de Câncer (Inca) estimou 57.960 novos casos de câncer de mama no Brasil. Apesar do aumento das taxas de câncer de mama em mulheres mais jovens, ainda assim, a faixa etária entre 40 e 50 anos representa 74% dos casos.


Voltar