Notícias

Fundação Lucas Araújo incentiva a alimentação saudável

 
 

 

 

      Trabalho é realizado por acadêmica do curso de Nutrição da UPF e contempla atendidos de 4 meses à 12 anos

      Desde abril a acadêmica do curso de Nutrição da Universidade de Passo Fundo (UPF) e bolsista do Programa de Apoio Institucional a discentes de Extensão e Assuntos Comunitários (Paidex), Nicole Carteli Lima desenvolve ações de incentivo à alimentação saudável e práticas alimentares adequadas na Fundação Beneficente Lucas Araújo. O trabalho, que se estende até o final do ano, contempla atendidos de quatro meses até 12 anos.

      Segundo Nicole os objetivos do trabalho são promover treinamento sobre boas práticas de manipulação de alimentos, avaliar o estado nutricional através da antropometria e realizar atividades educativas sobre alimentação saudável de acordo com a faixa etária, corrida dos vegetais, caixa surpresa, trabalhos com massinha de modelar e fantoches.

      Ela ressalta que durante o desenvolvimento das ações, serão trabalhadas as questões como benefícios da alimentação saudável, aulas de higienização dos alimentos e mãos, a importância dos nutrientes, além de vídeos sobre educação nutricional. “Uma primeira observação possibilita o levantamento dos dados sobre a rotina da Fundação, englobando o tipo de alimento preparado, modo de preparo, número de refeições ao longo do dia, manuseio de utensilio e a forma com que e apresentado o alimento nas preparações. Também serão realizadas atividades lúdicas como jogos e apresentações de dados e informações sobre alimentação”, frisa a estudante.

      Por meio da parceria com a UPF/Paidex, a Fundação Lucas Araújo se beneficia e qualifica o atendimento e os serviços prestados. De acordo com a coordenadora Geral da entidade, Jurema Bruschi, as informações e atividades repassadas pela acadêmica auxiliam para que os atendidos tenham cada vez mais qualidade de vida. “A aluna Nicole vem desenvolvendo um ótimo trabalho na Educação Infantil e Lar da Menina através da conscientização das crianças e meninas, para uma dieta alimentar saudável com aulas praticas e com repasse de informações sobre os alimentos, o que facilita a compreensão da necessidade e aceitação das mudanças nas refeições da entidade e na rotina de vida das crianças”, aponta, ressaltando que o conhecimento adquirido também é levado para as famílias, ampliando ainda mais o resultado positivo do trabalho.

Fotos: Nicole Carteli Lima
Mesa colorida para incentivar a alimentação saudável

Voltar